Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

CRP 16 discute emergências e desastres

Postado no dia 29 de abril de 2011, às 17:29

Após o CRP 16 realizar o 1º Seminário Estadual de Emergências e Desastres e oficinas de capacitação para psicólogos, o Sistema Conselhos de Psicologia realizou, nos dias 8 e 9 de abril de 2011, o Planejamento Estratégico para o tema Emergências e Desastres

Para debater o assunto reuniram-se, na sede do Conselho Federal de Psicologia, em Brasília, representantes do Conselho Federal de Psicologia, representantes dos Conselhos Regionais de Psicologia e colaboradores do CFP no tema emergências e desastres. O CRP-16 fez-se representar pelas conselheiras Adriana Salezze e Emilia Barbarioli Gonçalves.

Para qualificar o debate sobre a Psicologia das Emergências e Desastres, o evento contou com Alexis Lorenzo Ruiz, psicólogo e professor cubano, especialista em Psicologia da Saúde e doutor em Ciências psicológicas, que contribuiu dividindo com os participantes do encontro  a experiência da Psicologia em Emergências e Desastres na América Latina.

O debate contou também com Norma Valencio, economista, mestre em educação, doutora em Ciências Sociais e professora coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Sociais em Desastres da USP-São Carlos, que falou sobre o campo de atuação profissional do psicólogo com os grupos sociais severamente afetados nos desastres.

Angela Coêlho, psicóloga, mestra e doutora em Psicologia Social e professora do Centro Universitário de João Pessoa, abordou no debate as conquistas e desafios da Psicologia nas situações de emergências e desastres. Cristina Silva, psicóloga, especialista em Gênero e mestra em Psicologia Social, atuante na Psicologia das Emergências e Desastres, falou sobre as Dimensões Institucionais da Defesa Civil. E o psicólogo, mestre em Saúde Pública e doutor em Saúde Coletiva, professor adjunto da Universidade Federal da Bahia, Marcus Vinícius de Oliveira, buscou pensar sobre a Intervenção da psicologia em emergências: como evitar um desastre.

Após as ricas contribuições, o Sistema Conselhos de Psicologia definiu as ações prioritárias para o ano de 2011 no que se refere ao tema da Psicologia das Emergências e Desastres.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *