Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Assembleia aprova os novos valores da anuidade do CRP-16 para 2020

Postado no dia 8 de julho de 2019, às 19:43

Conselho apresenta diversas ações políticas, realizadas ao longo da gestão do V Plenário, que encerra seus trabalhos após as eleições do Sistema Conselhos, em agosto

A categoria aprovou os novos valores da anuidade do CRP-16 para o ano de 2020. A decisão foi tomada pela assembleia geral convocada pelo Conselho e realizada no sábado, 6 de julho, no auditório do prédio da sede do CRP-16, em Vitória. Na reunião, o CRP-16 fez a prestação de contas financeira e das atividades políticas do V Plenário, atual gestão da autarquia.

Gestão que segue à frente do Conselho até a posse do VI Plenário, que será eleito em agosto, durante a votação das eleições do Sistema Conselhos de Psicologia. Veja aqui informações sobre o processo eleitoral.

Conforme deliberação da assembleia, a anuidade de pessoa física para o próximo ano será de R$ 522,89 (515,31 + 6,79, valor do fundo de seção* repassado ao Conselho Federal de Psicologia – CFP). A proposta de reajuste da anuidade de pessoa física foi calculada tendo como base o INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor), do IBGE, apurado em abril de 2019, relativo ao acumulado nos últimos 12 meses.

 

A proposta de reajuste foi apresentada na assembleia, conforme o quadro acima, mostrando os valores das últimas anuidades, bem como os percentuais reajustados.

Prestação de contas financeira: Confira a íntegra da prestação de contas financeira do CRP-16.
Ata: Acesse a ata da assembleia. O documento se encontra no Portal da Transparência do CRP-16. 

Desconto. A assembleia também aprovou a manutenção do desconto – de 15% – para o pagamento em cota única da anuidade. Havia a proposta de que o desconto, de 15%, incidisse no mês de janeiro. Contudo, a categoria manteve duas formas de desconto: de 10% em janeiro; e de 5% em fevereiro, conforme praticado nos últimos anos. Ou seja, quem optar em quitar a anuidade em 31 de janeiro de 2020 terá direito ao desconto de 10%. Já quem quiser pagar a cota única em 28 de fevereiro terá direito aos 5%. Os valores são:


As cinco parcelas acima são referentes ao parcelamento em cinco vezes, previsto em legislação federal, com vencimentos em: 31 de janeiro; 28 de fevereiro; 31 de março; 30 de abril; e 31 de maio.

Pessoa jurídica. Além disso, foi apresentado à assembleia o novo valor da anuidade de pessoa jurídica. Por ser respaldado na Resolução 004/2017 do CFP, o valor da anuidade de PJ não é aprovado pela assembleia. Isso porque a normativa do CFP segue a Lei Federal 12.514/2011 (contribuições dos conselhos de profissão), que estabelece que o valor da anuidade de PJ deve ser conforme o capital social da empresa, tendo os seguintes valores (já com o fundo de seção):

A maioria das PJs inscritas no CRP-16 se encontra na primeira classe do capital social de até R$ 50 mil.

Repasses ao CFP
Quando fez a apresentação das contas do CRP-16, a conselheira-tesoureira Sharla Provietti Biterncourt lembrou que, do valor total da anuidade percebida pelo Conselho, 25% são repassados ao CFP. 20% de cota parte – usada para custear as despesas do Federal; e 5% de cota revista, verba utilizada para publicações etc.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sentadas e área interna

Inadimplência
Uma questão que também precisa ser levada em consideração na formulação dos cálculos para o reajuste da anuidade é o da inadimplência, que vem aumentando nos últimos anos. Em 2018, o índice foi de 36,85%, a média das três últimas é de 34,39%.

Ações políticas
Antes da prestação de contas financeira, o Conselho fez prestação de contas das atividades políticas da gestão do V Plenário, mostrando diversas ações de grande importância para a categoria profissional, contribuindo com a atualização e formação em diversas áreas da Psicologia.

O vice-presidente do Conselho, Marcio Bertaso, apresentou essas atividades, desde o início do pleno, haja vista que esta foi a última assembleia da gestão, já que haverá eleição em agosto para que a categoria defina o VI Plenário do CRP-16.

A imagem pode conter: 2 pessoas

Bertaso citou as ações realizadas desde o segundo semestre de 2016 até o primeiro semestre deste ano. As atividades ocorreram na Grande Vitória e no interior do Estado, reafirmando o compromisso político do atual plenário em interiorizar as realizações do Conselho. Um dos destaques foi o 5º Congresso Regional da Psicologia (Corep), com eventos preparatórios em todas as regiões do Estado. As inserções do CRP-16 na imprensa capixaba também foram destacadas pelo vice-presidente.

A conselheira Juliana Brunoro, responsável pelo Crepop/ES, fez apresentação do Centro de Referência. Na sequência, Bertaso seguiu apresentando a estrutura da autarquia, destacando os trabalhos de cada uma das comissões e grupos de trabalho da entidade.

GT Psicologia e Democracia. Na prestação de contas das ações políticas, a assembleia aprovou o encerramento das atividades do grupo de trabalho (GT) Psicologia e Democracia. Criado pelo CRP-16 em outubro de 2018, o GT se manifestou em apoio a movimentos sociais e coletivos mais vulneráveis considerando os sofrimentos decorrentes de discriminação política, religiosa, de gênero e orientação social. Por meio do GT, o CRP-16 divulgou nota sobre o acirramento da disputa política no Brasil e seus rebatimentos na saúde mental das pessoas e na prática da profissão. A última atividade puxada pelo grupo de trabalho foi a palestra Clínica Contemporânea e o Sofrimento Ético-Político, ministrada pela psicóloga clínica e conselheira do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Rosane Lorena Granzotto.

*Fundo de seção: é o montante repassado pelos Regionais ao Conselho Federal de Psicologia. Com o valor o CFP subsidia os custos com manutenção de seções – Regionais que ainda não têm sede própria em seu estado. O valor é estabelecido pela Assembleia das Políticas da Administração e das Finanças (Apaf) e incluído nas anuidades das pessoas físicas e jurídicas, em cota única e indivisível (não se podem aplicar descontos), integrando a cota única ou a primeira parcela de cada anuidade. Vale ressaltar que o Conselho Regional de Rondônia (CRP-24), criado em fevereiro deste ano, a partir de desmembramento do CRP-20, do Amazonas, continuará recebendo o fundo de seção nos próximos três anos. O CRP-24 se localiza em Porto Velho, com jurisdição sobre os estados de Rondônia e do Acre.

Portal da Transparência. Para mais informações sobre a assembleia geral, acesse o documento no Portal da Transparência do CRP-16. 

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *