Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Veja os critérios para credenciamento de psicólogos peritos examinadores

Postado no dia 17 de janeiro de 2011, às 15:59

Confira os detalhes na carta aberta, elaborada pelo CRP-16

Leia abaixo a carta aberta aos psicólogos e psicólogas peritos examinadores de trânsito. O documento foi elaborado pelo Conselho Regional de Psicologia da 16ª Região/ES (CRP-16).

Em resposta aos constantes questionamentos encaminhados por psicólogas, psicólogos e pela comunidade em geral com relação aos critérios exigidos para credenciamento de psicólogos (as) peritos examinadores de trânsito, o Conselho Regional de Psicologia da 16ª Região vem por meio desta informar:

1. Os critérios para credenciamento de psicólogos (as) peritos examinadores de trânsito foram definidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) por meio da Resolução nº 267 (15/02/2008), mais especificadamente em seu artigo 18º (alterado pela Resolução nº 283 do Contran, de 01 de julho de 2008).

2. Os critérios são: a) o psicólogo deve estar regularmente inscrito junto ao respectivo CRP; b) o psicólogo deve ter o título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo Conselho Federal de Psicologia ou ter concluído com aproveitamento o curso “Capacitação para Psicólogo Perito Examinador de Trânsito” de 180h/aula, conforme determinado pela Resolução 267/2008 do Contran.

3. A partir de 15 de fevereiro de 2013 somente serão credenciados como psicólogos peritos examinadores de trânsito aqueles que tiverem o título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo Conselho Federal de Psicologia, ou seja, a partir dessa data os psicólogos e psicólogas que tiverem concluído apenas os cursos de “Capacitação para Psicólogo Perito Examinador de Trânsito” de 180h/aula e não possuírem o título de Especialista citado acima não poderão ser credenciados junto aos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran’s).

4. Para obter o título de Especialista em Psicologia do Trânsito reconhecido pelo Conselho Federal de Psicologia a orientação está disponível na Resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) nº 13/2007.

5. Os cursos de psicologia do trânsito reconhecidos pelo CFP estão relacionados no site do CFP, no ícone “Especialistas”.

6. As resoluções nº 267/2008 e 283/2008 do Contran encontram-se neste site.

Andréa dos Santos Nascimento
Conselheira presidente do CRP-16/ES

Sheila de Oliveira Lopes da Silva
Conselheira presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP-16/ESAndréa dos Santos Nascimento
Conselheira presidente do CRP-16/ES

Sheila de Oliveira Lopes da Silva
Conselheira presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP-16/ES

Matérias relacionadas

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *