Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Palestra sobre Psicologia e Religião reforça a importância da profissão se alinhar à tolerância, à diversidade e aos direitos humanos

Postado no dia 22 de julho de 2019, às 17:12

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, mesa e área interna

“Falar em Psicologia da laicidade não é o mesmo que uma Psicologia ateia ou que uma Psicologia não cristã, mas de uma Psicologia da Tolerância, de uma Psicologia da Diversidade, de uma Psicologia dos Direitos Humanos”, afirmou o conselheiro-presidente do CRP-16, Diemerson Saquetto, na palestra “Psicologia e Religião: Conflitos em tempos de intolerância”.  O evento foi realizado no auditório da sede do Conselho, em Vitória, na quarta-feira, 17 de julho de 2019.

Saquetto fez uma contextualização histórica, citando as mais diversas religiões que existem no mundo, trabalhando a questão do gênero, destacando a importância do comprometimento ético da/o profissional da Psicologia para atuar nessa seara.

Além disso, o conselheiro, ao ser questionado sobre o que a/o profissional da Clínica deve fazer ao se deparar, em uma consulta, com alguém que esteja passando por um sofrimento motivado por alguma questão religiosa. “Tem que acolher”, cravou Saquetto. E por isso ele afirmou que as psicólogas/os devem se aproximar, devem buscar conhecer as religiões – ainda que não venha a seguir determinada doutrina. Pois esse conhecimento vai ajudar a/o profissional a lidar com questões que envolvam religião.

O encontro integra as atividades do CRP-16 de promover discussões na perspectiva dos direitos humanos, levando em consideração as representações que o Regional capixaba tem em grupos de trabalho do CFP – no caso, a representação é no GT Psicologia, Religião e Laicidade, do Conselho Federal.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *