Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Eleições CRP-16: veja mais um material de divulgação da chapa 11 Renovação da Psicologia

Postado no dia 16 de agosto de 2019, às 19:35

A Comissão Regional Eleitoral do CRP-16 promove, nos meios de comunicação do Conselho, a terceira divulgação referente às eleições da autarquia. A votação começa no dia 23 e segue até 27 de agosto, Dia da Psicóloga e do Psicólogo. Confira, abaixo, as informações da chapa 11.

QUEM SOMOS

Psicólogos e psicólogas com escuta aguçada das demandas da categoria e fala corajosa para empoderar a identidade profissional e proteger as especificidades da profissão na execução da finalidade de um Conselho de Classe Profissional. Esta é a melhor maneira de dizer em alto e bom som quem somos como RENOVAÇÃO do CRP 16. 

A potência da nossa fala está na real finalidade do CRP 16, além da fiscalização do exercício da profissão, conforme inciso XVI do Art. 2 da Resolução CFP n.º 007/2004: o aprimoramento da formação e do desempenho profissional, a dignidade profissional e a independência da profissão. Propomos a criação de canais eficazes e eficientes para que você, da categoria que sustenta o CRP 16, faça o acompanhamento do cumprimento desta finalidade. Nosso compromisso é com a gente como categoria, na defesa da nossa querida profissão, com estratégias políticas livres de bandeiras de partidos políticos ou dogmas de religiões.

Temos entre nós psis da Grande Vitória e do interior do Espírito Santo. Há tempo defendendo a Psicologia Ciência, articulamos e mobilizamos psis das principais abordagens teóricas, que produzem, ensinam, aplicam e disseminam a Psicologia em políticas públicas, de Estado ou de governo, e em empreendimentos, privados e sociais. Nossa prática é a de aceitação das nossas diferenças no compromisso ético-social, primeiro com a nossa categoria que espera responsabilidade no uso do nosso bem financeiro, produto coletivo do nosso trabalho. Nossas propostas foram coletivamente construídas e miram a nossa dignidade profissional, que por sua vez, move a construção da democracia na diversidade dos espaços das nossas práticas. E é com ela, a nossa dignidade, que a dignidade das pessoas com quem atuamos será defendida.

A Renovação, movimento Nacional (para as Eleições ao CFP, somos nº 23) tem a grande meta de tornar nossa profissão respeitada e reconhecida no Brasil. A efetivação e a realização de nossas propostas indicam o caminho que a nossa profissão deve percorrer no ES e no país, tornando-nos profissionais respeitados e valorizados perante a sociedade.

Para que esta meta se realize, contamos com a efetiva participação de cada um de vocês, tanto na campanha, quanto durante a gestão. Um Movimento de Renovação da Psicologia se faz através da união de profissionais engajados e dispostos, que estejam sempre prontos para os embates e vitórias que hão de acontecer.

Conselheiros(as) e áreas de atuação

Alexandre Magno Vieira de Paula

Serviço público federal com Psicologia ORGANIZACIONAL, e em saúde mental no trabalho, com Psicologia CLÍNICA e do TRABALHO.

Clayton dos Reis Richardelle

Gestão de serviço privado multidisciplinar, em saúde mental álcool e drogas, com Psicologia CLÍNICA, e em medidas socioeducativas, com Psicologia JURÍDICA e SOCIAL. 

Elizeu Batista Borloti

Serviço público federal, e em políticas sobre drogas e educacionais, com ensino superior em nível de graduação e pós-graduação stricto sensu, com Psicologia SOCIAL, CLÍNICA e da SAÚDE.

Jânia Aparecida Correia

Serviço privado, como palestrante, consultora e assessora, com Psicologia ORGANIZACIONAL e do TRABALHO. 

Jaqueline Vago Ferrari

Serviço privado, em saúde mental álcool e drogas, com Psicologia CLÍNICA, e com ensino superior em nível de pós-graduação lato sensu.

Juliana Gomes da Cunha Baltar

Serviço privado, em psicoterapia, com Psicologia CLÍNICA, e em serviço público, vara da infância juventude, com Psicologia JURÍDICA 

Karine Trarbach de Oliveira Breda

Serviço público estadual, no Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo, com Psicologia CLÍNICA e do TRABALHO.

Karla Cardozo da Conceição

Serviço privado, em psicoterapia, com Psicologia CLÍNICA.

Lara Trabach Magalhães

Gestora-membro do Portal Psicologia Capixaba, em atendimentos online e interações em redes sociais, com Psicologia CLÍNICA e SOCIAL. 

Lucas Torquato Nascimento

Serviço público, abordagem social na assistência social, com Psicologia SOCIAL, e em serviço privado, em psicoterapia, com Psicologia CLÍNICA.

Maria Rita de Cássia Sales Régis

Sócia-proprietária de serviço privado, como palestrante, consultora e assessora, em Psicologia ORGANIZACIONAL e do TRABALHO, e com psicoterapia, em Psicologia CLÍNICA, e em ensino superior em nível de graduação.

Pâmela Santiago de Oliveira Altoé

Serviço privado, com hipnoterapia e avaliação psicológica, em Psicologia CLÍNICA e da SAÚDE.

Paula Barcellos Bullerjhann

Sócia-proprietária de serviço privado, com transtorno do espectro autista, em Psicologia CLÍNICA, ESCOLAR e da SAÚDE.

Rafael Rubens de Queiroz Balbi Neto

Serviço privado, em psicoterapia e avaliação psicológica, com Psicologia CLÍNICA e da SAÚDE.

Rodrigo Passos Almeida da Silva

Sócio-proprietário de serviço privado (Instituto Arete Psicologia), com Psicologia CLÍNICA.

Rosalina Barros Gomes Grilo de Almeida

Serviço privado em psicopedagogia, avaliação psicológica, com Psicologia ESCOLAR, ORGANIZACIONAL, CLÍNICA e da SAÚDE. 

Welison Dias de Sousa

Serviço privado, em psicoterapia, com Psicologia CLÍNICA e da SAÚDE. 

William da Silva

Serviço privado, transtorno do Espectro Autista e outros transtornos psiquiátricos (em especial, dependência química), com Psicologia CLÍNICA e da SAÚDE.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *