Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Seminário destaca a necessidade da construção democrática e reforça importância da presencialidade na formação em Psicologia

Postado no dia 2 de julho de 2020, às 13:00

Mesa de Abertura do Seminário “Formação em Psicologia no contexto da pandemia de Covid-19: Impactos da Portaria MEC nº 544, de 16 de junho de 2020, referente à flexibilização das práticas e estágios”

Olá, gente! Quem quiser enviar sua dúvida, sugestão ou fazer alguma consideração é só deixar aqui nos comentários. 😉

Publicado por CRP 16 em Quinta-feira, 2 de julho de 2020

 

A formação acadêmica em Psicologia se tornou mais complexa e desafiadora diante da pandemia causada pelo novo coronavírus. Com objetivo de desenvolver um diálogo democrático em torno dessa questão, fazendo a escuta do maior número possível de atores, o CRP-16 iniciou, nesta quinta-feira, 2 de julho, o Seminário online “Formação em Psicologia no contexto da pandemia de Covid-19: Impactos da Portaria MEC nº 544, de 16 de junho de 2020.

Esta é a etapa regional, realizada pelo CRP-16, para sistematizar as propostas do Espírito Santo a serem encaminhadas ao Seminário Nacional, organizado pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP), previsto para 14 de julho. Importante salientar que os 24 Conselhos Regionais estão realizando suas etapas locais. E que a Associação Brasileira de Ensino em Psicologia (Abep) (e seus núcleos estaduais) é parceira do Sistema Conselhos de Psicologia (CFP + CRPs) nesta construção. O Seminário capixaba segue até a segunda-feira, 6 de julho, quando a mesa de encerramento vai finalizar a sistematização das propostas a serem encaminhadas ao evento nacional. A programação continua nesta tarde de quinta, 2, e na sexta, 3, com grupos de discussão. Detalhes da programação ao final desta matéria.

Vale pontuar que tanto o CFP quanto a Abep defendem a presencialidade dos estágios, considerando que os processos de ensino-aprendizagem pressupõem uma formação que se realiza na troca de experiências, implicando convivência e diálogo, além de práticas colaborativas fundamentalmente presenciais.

Por outro lado, o seminário vem discutir junto dos atores (docentes coordenadoras(es) de curso, orientadoras(es), supervisoras(es) e representantes estudantis) um consenso de medidas para buscar alternativas à formação, em especial em relação a estágios e práticas, que não apenas a portaria ministerial que aponta que tais atividades PODEM  (não necessariamente devem) ser feitas remotamente e/ou por ensino a distância.

Afinal, apesar de haver um discurso tratando as TICs (Tecnologias de Informação e Comunicação) como solução para graduação diante da pandemia, o que vem acontecendo na realidade vai na contramão disso, já que o próprio CRP-16 recebe muitos questionamentos destacando que a ideia de que as Tics são solução pode até partir de um pensamento hegemônico, mas que não é majoritário e nem consensual.

Importante salientar que o Sistema Conselhos e a Abep (junto de outras entidades da Psicologia) têm histórico em contribuir com o processo de discussão em torno das diretrizes curriculares nacionais (DCNs) da graduação em Psicologia. As que estão em vigor no Ministério da Educação (MEC) são de 2011. Porém, há outras já sistematizadas e aprovadas pelos conselhos nacionais de Saúde e de Educação, de 2018. Estas precisam ser regulamentadas pelo MEC. Tanto as de 2011 quanto as de 2018, apontam para importância da presencialidade na graduação. O que vem sendo defendido pelo CFP, Regionais e Abep.

Grupos
Após a mesa de abertura, foram realizados os grupos de discussão. Foram três grupos: um com estudantes; um com coordenadoras/es de curso; um com supervisores e orientadores de estágios e professores. Os grupos não foram exibidos no Facebook. Mas foram nas discussões feitas nos grupos que se levantaram propostas a serem encaminhadas para o Seminário Nacional, previsto para o final da primeira quinzena de julho.

Encerramento
No dia 6 de julho, o CRP-16 encerrou os trabalhos do Seminário de Formação. A íntegra do encerramento pode ser conferida abaixa.

 

 

 

 

 

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.