Nota de Repúdio do CRP-16 à redução da maioridade penal
Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Nota de Repúdio do CRP-16 à redução da maioridade penal

Postado no dia 5 de outubro de 2010, às 15:37

Leia documento assinado pelos Plenários II e III do Conselho Regional de Psicologia 16ª Região ES

A Psicologia Capixaba repudia abertamente toda e qualquer forma populista no debate do tema da redução da maioridade penal em campanhas políticas. O Estatuto da Criança e do Adolescente não propõe impunidade, propõe educação, cuidado e atenção para com a juventude.

Reduzir a maioridade penal é encarcerar o jovem, ignorar a causa do problema e rotular comportamentos, uma forma confortável de lidar com muitas crianças e adolescentes em condição de pobreza, abandono e miserabilidade.

Por isso, o Conselho Regional de Psicologia 16ª Região ES (CRP-16) defende a implementação de políticas públicas e sociais que não isentem o Estado de sua responsabilidade para com a juventude.

Nosso desafio é enfrentar a desigualdade com justiça, educação e cidadania, resgatando valores e promovendo o bem estar social de nossos jovens e de nossa sociedade.

*II e III Plenário do Conselho Regional de Psicologia 16ª Região/ES.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *