Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

CFP realiza pesquisa sobre condições de trabalho da categoria no contexto da pandemia

Postado no dia 7 de agosto de 2020, às 18:43

Questionário já está disponível no site do CFP. Interessadas(os) têm até o dia 30 de agosto para participar

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) convida psicólogas(os) de todo o país para participar da pesquisa “Condições de trabalho de psicólogas e psicólogos durante a pandemia do coronavírus”.

A iniciativa do CFP, que conta com o apoio do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP/CFP), surgiu a partir de um pedido de informações do Ministério da Saúde e tem como objetivo identificar as alterações que afetaram as condições de trabalho da categoria profissional durante o período da pandemia.

O questionário abrange questões acerca da situação de trabalho antes da pandemia (como natureza da instituição empregadora, vínculo empregatício e carga horária semanal de trabalho), passando também pela percepção sobre a pandemia e o isolamento social, os impactos da Covid-19 e as medidas necessárias para a continuidade do trabalho, considerando a excepcionalidade do atual momento. A pesquisa destaca ainda os aspectos inerentes ao convívio familiar, de modo a mapear as dificuldades impostas no âmbito do lar.

As pessoas interessadas têm até o dia 30 de agosto para responder ao questionário. Cabe ressaltar que a participação é voluntária, inteiramente de forma on-line e que são completamente assegurados o sigilo, a privacidade e a confidencialidade das informações.

Para participar, basta acessar o formulário disponível neste link. Mais informações sobre a pesquisa podem ser solicitadas pelo e-mail crepop@cfp.org.br.


Fonte:
CFP. 

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.