Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Veja os encaminhamentos da última Apaf do ano

Postado no dia 20 de dezembro de 2016, às 06:54

CRP-16 participa da Assembleia, em Brasília, onde foram tomadas decisões importantes para a profissão acerca de diversos temas, dentre eles o PL 439, proposto pelo Conselho Federal de Administração 

sharla_cfp

Apaf é realizada no CFP, nos dias 17 e 18 de dezembro, reunindo representantes de todos os Regionais e também do Federal

O V Pleno do CRP-16 participou de sua primeira Assembleia das Políticas, da Administração e das Finanças do Sistema Conselhos de Psicologia, a Apaf, realizada nos dias 17 e 18 de dezembro, na sede do Conselho Federal de Psicologia (CFP), em Brasília.  A Assembleia é a principal instância deliberativa do Sistema e teve encaminhamentos importantes e de grande relevância para a Psicologia e para toda a categoria profissional.

Um desses encaminhamentos foi referente ao Projeto de Lei do Senado 439/2015, proposto pelo Conselho Federal de Administração (CFA), que ao prevê a regulamentação da função do administrador interfere no aspecto multidisciplinar na área dos Recursos Humanos. Foi definido a articulação com senadores em favor do arquivamento do projeto. E com outros conselhos profissionais que também serão afetados, a fim de reforçar a luta política contra a aprovação da proposta.

Esta foi a segunda e última Apaf deste ano. Ela reuniu representantes do CFP e de todos os Regionais. O CRP-16 foi representado por seu conselheiro-presidente, Diemerson Saquetto, e por sua conselheira-tesoureira, Sharla Provietti Bitencourt.

Confira aqui os encaminhamentos da Apaf.  

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *