Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Categoria analisa proposta orçamentária do CRP-16 para 2017

Postado no dia 14 de julho de 2016, às 17:06

Após reunião da Comissão, prestação será aprovada pelo Plenário e depois submetida à assembleia geral das psicólogas e dos psicólogos

13707577_1044348252268855_6759607365726877400_n

Reunida na sede do Conselho, no dia 13 de julho, Comissão faz análise das contas do CRP-16

Representantes da categoria profissional participaram da a reunião da Comissão de Análise da Proposta Orçamentária do CRP-16, realizada na quarta-feira, 13, na sede da entidade, em Vitória.

A psicóloga Sharla Provietti Bitencourt, que enviou e-mail confirmando seu interesse em participar da reunião, e os diretores do Sindicato das/os Psicólogas/os no Espírito Santo (Sindpsi-ES), Lucas Có Barros Duarte e Willian Fontes integraram a Comissão, que contava ainda com a presença do conselheiro-tesoureiro do CRP-16, Walter Lowal, dos também conselheiros, Cleilson Teobaldo dos Reis e Victor Hugo da Silva; das funcionárias do setor Administrativo-Financeiro, Cleidiane Tereza de Oliveira (gerente) e Mayara Rúbia da S. Oliveira (assistente Financeira); além do  contador-chefe do CRP-16, Rubem Daniel S. Silva.

O conselheiro-tesoureiro do CRP-16, Walter Lowal, conduziu os trabalhos. Ele explicou que o objetivo da reunião foi o de apresentar e analisar o orçamento para o ano de 2017, dando oportunidade à categoria profissional em acompanhar os cálculos efetuados em torno das receitas e das despesas do CRP-16, antes delas serem apreciadas pelo próprio pleno do Conselho e pela assembleia geral.

Lowal e a gerente do setor Administrativo-Financeiro do CRP-16 explicaram como se dá a composição do valor da anuidade, mostraram que o Conselho tem diversos custos. Desde para a manutenção de sua equipe de funcionários e assessorias, passando pelas despesas de funcionamento da sede até emissão de boletos, feita por instituições bancárias. Ressaltaram ainda que os serviços dos quais o CRP-16  necessita são contratados via licitação e que a entidade também tem despesas consideráveis com publicações em Diário Oficial, entre outras.

As dúvidas e questionamentos dos representantes da categoria foram elucidadas pelos conselheiros e pela equipe técnica do CRP-16 que integram a Comissão.

Assembleia está prevista para o dia 20 de agosto
A Comissão de Análise da Proposta Orçamentária analisou a proposta (exercício 2017) antes da sua submissão à assembleia geral da categoria, prevista para acontecer no dia 20 de agosto de 2016 (sábado). Vale ressaltar que a Plenária do CRP-16 vai apreciar as contas antes da assembleia.

Cabe lembrar que a instituição da Comissão de Análise da Proposta Orçamentária atende à deliberação da assembleia geral das/os Psicólogas/os de agosto de 2013.

Aquela assembleia definiu pela criação da Comissão a fim de que a categoria profissional pudesse acompanhar os cálculos em torno das receitas e das despesas do CRP-16 para o ano seguinte. E a 151ª reunião plenária ordinária, realizada no dia 25 de junho de 2016 (sábado), deflagrou a instauração da Comissão.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *