Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Conselho Regional de Psicologia

18 de maio é Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Postado no dia 18 de maio de 2022, às 13:52

Neste Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), o Conselho chama atenção para a importância do fortalecimento da rede de proteção que integra o Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes. É importante também fortalecer o Estatuto da Criança e do Adolescente (Ecriad) e outros instrumentos de garantia de direitos, visando combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Para a categoria profissional, o CRP-16 reforça a divulgação publicação do Crepop/CFP, de 2020: “Referências Técnicas para Atuação de Psicólogas/os na Rede de Proteção às Crianças e Adolescentes em Situação de Violência Sexual”. O documento foi revisado, a partir de uma publicação do CFP de 2009, e pode auxiliar profissionais e estudantes no trabalho no Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes.

Para ler as referências, acesse o site do CRP-16 (link na bio). Aproveite e assista à live “Atuação da Psicologia na proteção a crianças e adolescentes”, feita em lembrança às referências, dentro da programação do Seminário Estadual de Psicologia e Políticas Públicas do Crepop/ES, que o Conselho realizou em 2021.

Araceli
O 18 de maio foi escolhido como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em função de um grave assassinato ocorrido no Espírito Santo, em 1973. A data escolhida é a da morte de Araceli (Cabrera Sanchez Crespo), menina de oito anos, violentada e morta de forma hedionda em meio a uma orgia sexual regada a drogas, no estado do Espírito Santo.

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.