Envelope laranja e branco Impressora laranja e branca Mapa do Site Tamanho da Fonte Ícone de + para aumentar a fonte Ícone de A para retornar à fonte padrão Ícone de + para diminuir a fonte Contraste Ícone habilitar contraste Ícone desabilitar contraste
Logo do Facebook Logo do Flickr Logo do Instagram
Logo do Conselho Regional de Psicologia

Conselho se reúne na Ales para discutir PL que dispõe sobre a instalação de telas de proteção na Terceira Ponte

Postado no dia 1 de novembro de 2016, às 15:16

Reunião acontece após CRP-16 divulgar carta aberta à Rodosol e  à Arsp

O CRP-16 se reuniu com a assessoria parlamentar do deputado estadual Nunes (PT), nesta segunda-feira, 31, no gabinete do petista, na Assembleia Legislativa, em Vitória.

reuniao_crp_nunes

Representantes do CRP-16 se reúnem com assessor parlamentar na Ales

Na reunião foi discutido o projeto de lei 250/2016, do deputado estadual Euclério Sampaio (PDT), que dispõe sobre a instalação de grades de proteção na Terceira Ponte. O deputado Nunes preside a Comissão de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos da Ales, onde o PL se encontra tramitando em regime de urgência.

Durante o encontro,  foram pensadas estratégias políticas em favor da instalação de proteção na Terceira Ponte para evitar novos casos de suicídio. Vale ressaltar que o gabinete do deputado Nunes solicitou a reunião, em virtude da carta aberta à Rodosol e à Agência de Regulação de Serviços Públicos do Espírito Santo (Arsp), divulgada pelo CRP-16, em setembro, solicitando a instalação de proteção na Terceira Ponte.

Além da carta, o Conselho divulgou uma petição pública na qual solicita apoio da sociedade em geral em favor da instalação de proteção na Terceira Ponte.

Petição. Clique aqui e assine a petição pública em favor da instalação de proteção na Terceira Ponte. 

Os comentários não refletem a opinião do CRP-16 sobre o assunto e são de inteira responsabilidade de seu autor, que poderá responder à Justiça caso cometa injúria, calúnia, difamação ou agressão a outrem e a esta autarquia, conforme os Termos e Condições de Uso do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *